● A grandeza de um Clube ou de qualquer outro tipo de organização é aferida pela sua postura. No dia 27 de Janeiro, o Clube Futebol Benfica, por calendário tinha que defrontar no seu campo o União de Tires (Prova Pro-Nacional da AFL) e o SC Braga, a contar para o Campeonato Nacional de Futebol Feminino. Tratando-se de duas provas diferentes (uma Nacional e outra Regional), a primeira tem direitos superiores à segunda. Na tentativa de assegurarmos que as duas equipas (feminina e masculina) jogassem no nosso campo (Francisco Lázaro), solicitamos àqueles clubes a alteração de horários. Da parte do União de Tires encontrámos toda a disponibilidade. Saudamos e agradecemos a atitude dos responsáveis deste clube.
Quanto ao SC Braga, lamentamos a atitude dos seus responsáveis, pois utilizaram os mais estapafúrdios argumentos para impossibilitar a realização dos dois jogos no nosso campo.
Propusemos a antecipação do jogo para Sábado ao SC BRAGA, o que não foi aceite por questões logísticas. Propusemos a realização do jogo às 14h00 horas de Domingo, o que não era possível. Justificação: jogadoras não estavam habituadas a almoçar tão cedo. Depois, sugerimos que se realizasse o jogo às 16h00, mas não foi conseguido acordo porque as jogadoras tinham jogado, num outro dia, num campo com pouca luminosidade e não gostaram.
Resultado: o jogo com o Braga realizou-se no nosso campo às 15h00 de Domingo e o jogo com o União de Tires realizou-se no campo do CF UNIDOS (Bairro Padre Cruz) pelas 15h00.
E assim vai o futebol em Portugal. Cada vez mais gosto do futebol genuíno.f

PUB







Comente esta notícia

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.