Desde 5 de Abril que a freguesia tem seis novos campos de Padel no clube Bairro S. João Padel e Ténis, nas Laranjeiras. Os novos campos corresponderam a um investimento de 350 mil euros. Entretanto, a construção de outros dois campos no Parque Bensaúde não saiu do papel.

● José Marques Fernandes, responsável do Clube, refere que “esta é uma aposta segura no centro de Lisboa, num local fantástico, com excelentes condições e num desporto em grande crescimento”. Segundo este dirigente, a pandemia veio dar mais força à modalidade porque “as pessoas valorizam cada vez mais a saúde, privilegiando a prática desportiva e, em especial, quando feita com distanciamento, sendo precisamente o caso do Padel e do Ténis“. O Bairro S. João Padel e Ténis tem a ambição “de ser um clube de referência na modalidade”, contando com oito campos de Padel, três campos de Ténis, um restaurante e duas esplanadas. Na freguesia existe ainda o Clube de Ténis das Laranjeiras, junto a Sete Rios, que é explorado pela mesma empresa, a Top Rackets.

Bensaúde sem campos

Em 21 de Dezembro de 2015, dois outros campos de Padel estavam previstos para o Parque Bensaúde, num investimento de 200 mil euros financiados pela CML que os protocolou com a Junta de Freguesia no âmbito de um Contrato de Delegação de Competências (CDC). O projecto incluía balneários e outras estruturas de apoio. Os campos seriam dotados de cobertura por forma a permitir a sua utilização durante o tempo de chuva. Os responsáveis autárquicos defenderam que o projecto considerava as particularidades da zona, de modo a não alterar o que resta da antiga quinta, que “confere uma identidade própria com valor paisagista e patrimonial único na freguesia”. A Junta de Freguesia pretendia dar uma nova dinâmica ao Parque Bensaude.
No CDC estabelecia-se a transferência de 60 mil euros em 2015 e de 146,7 mil euros em 2016. O projecto acabou por não sair do papel.

Seja dos primeiros a saber!  Mercados incertos

Padel em crescimento

O Padel é uma modalidade em crescimento no nosso País. Segundo José Marques Fernandes, a modalidade “tem registado um crescimento exponencial em número de jogadores e a recém-criada Federação Portuguesa de Padel já tem um número de filiados semelhante ao ténis, cerca 10 mil”. Este responsável afirma que “o número de adeptos tem duplicado anualmente, estimando-se que existam mais de 100 mil jogadores e mais de 300 clubes”.f
REDACÇÃO

[bdp_ticker ticker_title=”Últimas” theme_color=”#dd9933″ font_color=”#000000″ font_style=”bold-italic” ticker_effect=”fade”]

PUB







Comente esta notícia

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.