● Não temos dúvidas de que o Clube Futebol Benfica (CFB), por força de várias circunstâncias, foi o principal dinamizador do futebol feminino que hoje existe. Não esqueço nenhum dos que, como nós, foram resilientes (palavra agora tanto em moda) na divulgação do futebol feminino.
Os maiores resistentes foram o CFB e o Boavista, mas outros também nos acompanharam: Valadares, Albergaria, A-dos-Francos, Cadima, Fundação Laura Santos, Vilaverdense, entre outros. E o 1.º Dezembro que abandonou a modalidade, mas que, mesmo assim, posso incluir nos sobreviventes.
Tudo se modificou o que é bom. Um senão: o aproveitamento de alguns que defenderam a tomada de medidas que desvirtuaram a verdade desportiva e onde o bom senso não imperou. A forma de estar no futebol, modalidade de variadas virtudes, está também sujeita a alguns oportunismos.
Ao CFB muito aconteceu esta época. A mais marcante foi a falta de comparência num jogo em que não se respeitou valores, verdade e dignidade. O Clube é resiliente há cerca de 30 anos, e esta situação foi uma prova.
Agora há uns senhores a quem chamam delegados da Liga, que com arrogância desmedida entram pelas instalações como quem manda ou é dono do Clube. Tudo tem decorrido da melhor forma, mas há qualquer coisa que não está bem nos últimos jogos. Afinal, quem põe as jogadoras em campo equipadas, paga as despesas de manutenção, paga as viagens, entre outros aspectos, são os que menos mandam… e quando surgem pela frente aqueles “patrões” até dá vontade de faltar ao respeito. As regras sempre foram cumpridas, não sendo preciso mandantes autoritários e exorbitando na lei para que isto corra bem ou melhor. O árbitro, o policiamento e o delegado chegam para pôr o jogo em acção. O que vem além disto é perfeitamente dispensável, a menos que haja dinheiro para gastar.f

[bdp_ticker ticker_title=”Últimas” theme_color=”#dd9933″ font_color=”#000000″ font_style=”bold-italic” ticker_effect=”fade”]

PUB




Comente esta notícia

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.