● Infelizmente, o futebol nos dias de hoje está composto por dois animais dos mais falsos, possíveis e imaginários: Abutres e as Hienas. Os Abutres, com a sua visão periférica, quando vêm numa presa o muito dá aos outros com entrega e determinação, são os primeiros a fazer o voo picado e atacam-na.
De seguida, com o “burburim” instalado, devoram a presa sem dó e piedade e com uma ganância extrema. Entretanto, chegam as Hienas que correm com os Abutres, roubando o seu protagonismo. O futebol amador está repleto de Abutres e Hienas que chegam à vez para tomarem como seu os valores formados nas suas colectividades.
Enquanto assim for, o caminho será sempre difícil. Só os fortes e persistentes sobrevivem a um mundo de protagonismo e vaidade que tudo esmaga.
O momento do futebol amador e esse. Perderam-se valores, dignidade amizade. E também tudo o que o bom senso aconselha.
Numa sociedade altamente competitiva em que tudo é negócio, importa ganhar de qualquer modo e o desporto na sua essência deixou de ser paixão para passar a ser visto como guerrilha.
Todos nós, certamente, desejamos que não se fira mais os ideais de Pierre Coubertin, o pedagogo e historiador francês, que ficou para a história como o fundador dos Jogos Olímpicos da era moderna. .f

PUB







Comente esta notícia

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.