Jardim Zoológico de Lisboa

Em Abril, o Jardim Zoológico chamou a Polícia de Segurança Pública (PSP). Fique a saber porquê.

Em Abril, o Jardim Zoológico chamou a Polícia de Segurança Pública (PSP). Causa: funcionários da Junta de Freguesia estavam a retirar o gradeamento e portões do parque de estacionamento cedido pela Câmara Municipal de Lisboa (CML) ao Zoo, localizado sob o viaduto de Sete Rios.

Em Abril, a PSP foi chamada duas vezes pelo Jardim Zoológico de Lisboa (JZL) ao Parque de Estacionamento da instituição. Segundo a PSP, em ambos os casos, a 17 e a 23 de Abril, deslocaram-se por “motivo de ilícito criminal cometido contra a pro- priedade, nomeadamente por subtracção de portões e de 66 grades metálicas de cor verde, que estavam a servir de vedação ao Parque”.

Na primeira vez, “não foi possível identificar o autor do ilícito, pelo que apenas foram efectuadas diligências de recolha de indícios”. O mesmo não aconteceu da segunda ocasião: “na sequência de nova chamada, por ali se encontrarem dois indivíduos a subtraírem as restantes grades, os polícias constataram que os indivíduos eram funcionários da Junta de Freguesia”, refere a PSP ao “FREGUÊS DE SÃO DOMINGOS DE BENFICA”.

A presença dos indivíduos devia-se “ao facto de lhes ter sido ordenado por um responsável daquela Junta”. Acrescenta a PSP que nesse dia, mais tarde, “compareceu no local um dos responsáveis da Junta, que além de corroborar a justificação dada anteriormente, afirmou ainda, que tal acção foi autorizada pela Câmara Municipal de Lisboa e que todos os bens se encontravam nas instalações da Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica”.

Algumas fontes referem que a acção da Junta de Freguesia resultará de pressões oriundas da Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL). Segundo uma fonte do Jardim Zoológico, o assunto está “resolvido” com a Junta de Freguesia.

O “FREGUÊS DE SÃO DOMINGOS DE BENFICA” questionou a Câmara Municipal de Lisboa sobre a alegada autorização para a acção da Junta de Freguesia e o teor do eventual protocolo que mantém com o Zoo, mas até ao fecho desta edição não obtivemos qualquer resposta.

Advertisements

Comente esta notícia

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.