Para a Associação de Residentes de São Domingos de Benfica (ARSDB), no plano da mobilidade, a supressão de uma via de trânsito nesta avenida faz temer o agravamento do tráfego, “que é só por si já bastante intenso”, sendo “incompreensível” a introdução de uma ciclovia na rotunda no final da avenida, “que é o nó de distribuição do trânsito para o estacionamento do C.C.Colombo, para o Hospital da Luz, para Benfica, para a Radial de Carnide e para a própria Avenida Lusíada”. De acordo com os moradores, é difícil “a circulação nesta rotunda”.
A ARSDB também critica a obra no plano da segurança rodoviária. Uma das críticas relaciona-se com a prevista utilização de separadores de betão e correntes nalguns troços da via, que a associação considera perigosos para ciclistas e outros utentes da via.
A associação classifica como ”aberrante” a solução camarária para o desenho da ciclovia que “passa de uma faixa de rodagem para a outra faixa de sentido contrário a meio da via, atravessando o separador central (em frente ao Estádio da Luz)”.
Finalmente, a ARSDB entende que “o cruzamento elevado entre o Eixo Norte-Sul com a Avenida Lusíada potencia a ocorrência de acidentes devido ao muito tráfego, à passagem frequente de ambulâncias em marcha de urgência e à fraca visibilidade registada no local”.
A associação espera que sejam apresentados “estudos de tráfego que justificam a retirada de uma faixa de rodagem naquela avenida e quais as suas consequências em termos de mobilidade”.

Seja dos primeiros a saber!  Escola Básica Jorge Barradas: crianças em risco

[bdp_ticker ticker_title=”Últimas” theme_color=”#dd9933″ font_color=”#000000″ font_style=”bold-italic” ticker_effect=”fade”]

Quanto vale este artigo?

A SUA CONTRIBUIÇÃO É UM FACTOR DE PROTECÇÃO DA INDEPENDÊNCIA EDITORIAL DO ‘FREGUÊS’. CONTRIBUA PARA A DEFESA DA CAUSA PÚBLICA E A INVESTIGAÇÃO DE QUESTÕES CRÍTICAS PARA A VIDA COMUNITÁRIA.

PUB




PUB




Comente esta notícia

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.