Na sequência da conquista do campeonato nacional de hóquei de sala, a equipa masculina do Casa Pia Atlético Clube (CPAC) vai representar Portugal no equivalente à Liga dos Campeões da modalidade.

• O CPAC conquistou o título de campeão nacional de Hóquei, em masculinos, na variante indoor (hóquei de sala), depois de vencer, em Paredes, o Lousada A por grandes penalidades (4-2), após um empate (5-5). Segundo o clube, “foi a quarta final consecutiva com este adversário e a primeira vitória”. Para Marcos Ferreira, de 46 anos, técnico da equipa, o triunfo foi justo. “As duas equipas jogaram muito bem. O resultado foi sempre equilibrado e disputado a grande ritmo. Antes da fase final, disse que podíamos ser felizes e a verdade é que fomos. Houve uma conjugação de factores, mas a conquista do título é inteiramente justa”, referiu o técnico, que já venceu esta prova pela Carris e pelo Atlético Clube de Portugal. O treinador confessa: “sabíamos que o Lousada seria um adversário difícil, pela valia da equipa e pelos resultados anteriores, e de certa queríamos mudar a história”. Segundo Marcos Ferreira, o CPAC tem “uma equipa renovada, com dois jogadores de 16 anos e alguns da formação, mas o nosso intuito foi sempre chegar à final”. O clube foi ainda contemplado com os prémios individuais. Luís Tavares sagrou-se o melhor jogador e marcador da prova e António Camacho foi eleito o melhor guarda-redes. Na sequência desta vitória, o CPAC representará Portugal na ‘Eurohockey League Challenge’ em Hóquei de Sala (Liga dos Campeões de hóquei indoor), que se disputará em Fevereiro de 2022. O clube integrará a Divisão C da competição europeia. Entretanto, o CPAC já está empenhado no Campeonato Nacional e na Taça de Portugal de hóquei em campo, duas provas que começaram este mês e que o Clube ambiciona vencer.f

PUB




Comente esta notícia

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.