• Nas últimas semanas, o Bairro Alto do Parque tem vivido noites agitadas devido a desentendimentos e cenas de pancadaria entre prostitutas e chulos umas vezes, entre jovens embriagados residentes num Alojamento Local situado na Rua Rodrigo da Fonseca, outras vezes. Os moradores são acordados de madrugada com gritos na via pública, com a polícia ter de ser chamada diversas vezes. Não obstante, a acção das autoridades tem-se revelado ineficaz. As preocupações aumentam entre os residentes da zona devido à crise sanitária que obriga ao distanciamento social e ao uso de máscara. Segundo revelam ao ‘FREGUÊS DE AVENIDAS NOVAS’, nem uma coisa nem outra são cumpridas perante a passividade das autoridades”. Um dos exemplos relatados refere a organização de festas tipo ‘rave’ no referido Alojamento Local, “com música sempre a tocar alto e a bom som” que proporcionam ajuntamentos em espaços fechados. “Quando abrem a porta para virem fumar no passeio, é visível que o afastamento social e o uso de máscara não existem”, garante um morador. Um dos últimos desacatos ocorrido já este mês entre prostitutas e chulos é assim descrito por outro residente: “as prostitutas zangaram-se, começaram à pancada umas com as outras, insultos, gritos e os chulos tiveram que as separar. Uma caíu no chão e o chulo carregou com ela às costas”. Estes problemas têm sido relatados há anos pela Comissão de Moradores doBairro Alto do Parque á Junta de Freguesia e à Câmara Municipal de Lisboa, sem qualquer resultado prático.f

Seja dos primeiros a saber!  Prostituição no Alto do Parque: Fernando Medina desvaloriza preocupações dos moradores

[bdp_ticker ticker_title=”Últimas” theme_color=”#dd9933″ font_color=”#000000″ font_style=”bold-italic” ticker_effect=”fade”]

Quanto vale este artigo?

A SUA CONTRIBUIÇÃO É UM FACTOR DE PROTECÇÃO DA INDEPENDÊNCIA EDITORIAL DO ‘FREGUÊS’. CONTRIBUA PARA A DEFESA DA CAUSA PÚBLICA E A INVESTIGAÇÃO DE QUESTÕES CRÍTICAS PARA A VIDA COMUNITÁRIA.

PUB







Comente esta notícia

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.