O Navio-Escola Sagres partiu no passado dia 5 de Janeiro do porto de Santa Apolónia, em Lisboa, para dar a volta ao Mundo, no âmbito das comemorações dos 500 anos da descoberta do Estreito de Magalhães. A bordo transporta duas pipas de 280 litros cada de um lote de 2011 de Vinho de Carcavelos.

O objectivo desta iniciativa é fazer com que este vinho generoso da marca ‘Villa Oeiras’ produzido pela Câmara Municipal de Oeiras obtenha características especiais que o transformarão em ‘Vinho Torna Viagem’, após ter sido cumprida a viagem comemorativa dos 500 anos de Circum-navegação.

Durante a viagem do NRP Sagres, que está previsto regressar a Lisboa em 2021, o Navio-Escola cruzará por quatro vezes a linha do Equador ao longo deste ano e estará também presente nos Jogos Olímpicos de Verão que vão decorrer em Tóquio, no Japão, entre os dias 18 e 27 de Julho próximo.

“Foram feitas quatro pipas, sendo duas de testemunho, que permanecem cheias com o mesmo vinho (Vinho Branco de Carcavelos 2011) e que servirão para comparação organolética e físico-química no final da experiência”, explica Alexandre Lisboa, coordenador técnico do Projecto da Vinha e do Vinho de Carcavelos ‘Villa Oeiras’.

No final da viagem do NRP Sagres, a equipa que coordena o projecto avaliará as modificações operadas no vinho e as características que ganhou, decidindo então a sua eventual comercialização. “Essa decisão não está tomada, no entanto o vinho estará disponível para tal a partir do início de 2021”, assinala a mesma fonte.

As duas pipas de Vinho de Carcavelos que participam na viagem de Circum-navegação regressam a Lisboa no início de 2021. Na eventualidade de este vinho generoso poder vir a ser comercializado, “a marca será sempre um Vinho de Carcavelos ‘Villa Oeiras’, neste caso será também um ‘Torna Viagem’”, diz Alexandre Lisboa.

Comente esta notícia

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.