•Ricardo Marques, vogal da Junta de Freguesia, apontado como cabeça de lista do PS às próximas Eleições Autárquicas, prestou declarações, enquanto autarca, num texto de promoção da “Fábrica XXI”, a urbanização de luxo que vai ser construída pela Teixeira Duarte nos terrenos da antiga Fábrica Simões. Num artigo publicado a 2 de Setembro na “TimeOut “online, como “conteúdo patrocinado”, intitulado “Crescer em Benfica: da creche ao ensino superior sem sair do bairro”, no que à primeira vista parece ser um artigo sobre a oferta educativa na freguesia, surgem declarações de Ricardo Marques, identificado como vogal da Junta com o pelouro da Educação e da Formação, que envolvem a autarquia num discurso apelativo para a nova urbanização. A marca surge, pelo menos cinco vezes, em diversos locais do texto que inclui um vídeo promocional do empreendimento, terminando com a ligação à página de Internet apelando para os leitores saberem mais sobre o projecto. Segundo a legislação, considera-se publicidade “qualquer forma de comunicação” que promova a comercialização ou alienação de quaisquer bens ou serviços. Recorde-se que no Estatuto dos Eleitos Locais afirma-se que na “prossecução do interesse público”, os autarcas não devem “patrocinar interesses particulares, próprios ou de terceiros, de qualquer natureza, quer no exercício das suas funções, quer invocando a qualidade de membro de órgão autárquico”.f

Comente esta notícia

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.