● Denunciar “os abusos no comportamento” da Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL) e as suas “acções irresponsáveis” é um dos objectivos da Associação de Residentes de São Domingos de Benfica (ARSDB). Para estes moradores não é justo que existam mais dísticos distribuídos do que lugares oferecidos.
Segundo a ARSDB, a EMEL “recusa-se a informar e a esclarecer as situações e, por outro lado, não oferece soluções, como por exemplo, o aumento de parques para automóveis”.
Segundo os seus dirigentes, “a insólita possibilidade da EMEL definir a dimensão dos parques automóveis exclusivos a residentes e autuá-los por não encontrarem lugares e estacionarem indevidamente” é um “conflito de interesses”. Para estes moradores, “a EMEL deve implementar estacionamento para residentes e não cumpre os seus deveres”, considerando que a polícia não deve autuar na sequência de um “serviço incompleto da EMEL”. Segundo estes residentes, “a EMEL não cumpre os seus estatutos”. A ARSDB vai entregar àquela empresa municipal, um “envelope vermelho” com as suas reivindicações em termos de estacionamento, assim como está a preparar uma exposição escrita ao Provedor da Justiça sobre a dificuldade criada pela EMEL para o estacionamento dos moradores nesta freguesia.f

Comente esta notícia

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.