Avenidas Novas: Junta intervém em obras deficientes

Avenidas Novas: Junta intervém em obras deficientes

31 de Agosto de 20220Porfreguesredaccao

● Depois do Jardim Gomes de Amorim, cuja requalificação, foi provocada pela “necessidade de rectificar os trabalhos executados de forma deficiente, no anterior Executivo”, a JFAN começou duas duas novas intervenções de correcção. Uma no Jardim Marquês de Marialva, onde decorrem “trabalhos de repavimentação dos caminhos pedonais”, com o objectivo de “rectificar deficiências e irregularidades da obra inicial”. “Trata-se de um pavimento contínuo, permeável, constituído por um material natural, seixo de rio aglutinado por uma resina.”, sublinha a JFAN acrescentando que “a escolha deste material prendeu-se com questões estéticas e de enquadramento no espaço envolvente, e com questões técnicas que, por se tratar de um material permeável, promove a infiltração de água no solo”. Outra intervenção em curso destina-se a rectificar “trabalhos executados de forma deficiente, de modo a corrigir irregularidades da obra inicial, nos balneários da Piscina das Avenidas Novas”, explica a autarquia

Este artigo vale:

$5.00
$15.00
$100.00

Agradecemos a sua contribuição para uma imprensa local autónoma, independente e livre.

DONATIVO

Author

Facebooktwitterlinkedininstagramflickrfoursquaremail