Sensores de monitorização ambiental serão instalados pela Câmara Municipal de Lisboa (CML) em diversos locais da freguesia. Segundo apurou o “FREGUÊS DE AVENIDAS NOVAS”, serão colocados seis sensores na Alameda Edgar Cardoso (em frente ao Marquês de Pombal), Av. Fontes Pereira de Melo (junto ao 26), Av. António Augusto Aguiar (junto ao 23), Av. da República (em frente ao 23), R. Frei Carlos nº1 (Escola Mestre Arnaldo Loureiro de Almeida) e Campo Grande (junto à estátua da Guerra Peninsular).

• O projecto da CML abrange a criação de 80 estações, com 658 sensores distintos, “a funcionar 24 horas por dia e compilando uma multiplicidade de dados que até hoje só podiam ser conhecidos com estudos pontualmente efectuados”. De acordo com a autarquia, até ao final deste mês, a rede estará totalmente instalada e a funcionar. A partir de 31 de Março, “toda a informação medida estará em tempo real disponível para consulta por qualquer cidadão interessado através das plataformas
de dados abertos”. O projecto representa um investimento de cerca de 350 mil euros, parcialmente financiados pelo projecto de inovação H2020 ‘Sharing Cities’, referiu a autarquia, sublinhando que este mapeamento vai “complementar a monitorização efectuada pela rede oficial de estações fixas da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDRLVT) e das estações meteorológicas, existentes em Lisboa.f

PUB




Comente esta notícia

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.